Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

Orquestra de Viola de Caipira de Franco da Rocha recebe Prêmio Inezita Barroso na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo - Rádio Criativa Fm 87.5 Mhz - A Alegria da Cidade. Francisco Morato - São Paulo.

Fale conosco via Whatsapp: +55 11 948021190

No comando: Rádio Criativa FM

Das 00:00 às 24:00

Orquestra de Viola de Caipira de Franco da Rocha recebe Prêmio Inezita Barroso na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo

Orquestra de Viola de Caipira de Franco da Rocha recebe Prêmio Inezita Barroso

Orquestra de Viola de Caipira de Franco da Rocha recebe Prêmio Inezita Barroso na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo

Orquestra de Viola de Caipira de Franco da Rocha recebe Prêmio Inezita Barroso na Assembleia Legislativa do Estado de São PauloA Orquestra de Viola de Caipira de Franco da Rocha recebeu o Prêmio Inezita Barroso na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (Alesp). O grande cantor e compositor da cidade, Ranulfo Faria também foi homenageado na ocasião.

Veja fotos do evento.

A cerimônia foi conduzida pelo deputado Mário Maurici, que preside a Comissão de Educação e Cultura, organizadora do evento.

“Foi uma emoção muito grande. É a primeira vez que alguém ganha um prêmio dessa grandeza toda em Franco da Rocha. Nós e o Ranulfo fomos agraciados e esse feito vai ficar para historia da gente para a vida inteira. Vai marcar a vida de cada um de nós com muito carinho” disse José Emílio, integrante da Orquestra.

Chegando a sua 5ª edição, o Prêmio Inezita Barroso homenageia artistas e personalidades que contribuem musicalmente com a cultura caipira do Estado de São Paulo. Na premiação, são indicados ou inscritos artistas e personalidades que se destacaram na sociedade pela contribuição à música caipira de raiz e qualquer outra forma genuinamente popular. A Orquestra de Viola de Caipira do foi inscrita na premiação pela Secretaria Adjunta de Cultura.

“A música e a cultura são elementos que envolvem as emoções das pessoas e por conta disso necessitam ser estimuladas mais vezes. Precisamos de pessoas, grupos, pessoas físicas, jurídicas e personalidades que incentivem a reprodução e a perpetuação dessa manifestação. A Inezita Barroso tem esse condão, esse valor, de dissentir dentre tantas, algumas pessoas, todo ano para que essa valorização prossiga sempre”, disse o parlamentar.

Inezita Barroso é o nome artístico de Ignez Magdalena de Aranha de Lima, nascida em 4 de março de 1925. Foi a primeira mulher a gravar música caipira e, em 1954, gravou o primeiro disco brasileiro só com compositoras mulheres. Além de ter sido uma das maiores intérpretes da música caipira, foi atriz, instrumentista, bibliotecária, folclorista, professora e apresentadora de rádio e televisão.

Texto: Luana Nascimento com informações da Secretaria Adjunta de Cultura e Comunicação Alesp – Foto: Secretaria Adjunta de Cultura

Deixe seu comentário: